A B O U T


...
Marina (Guerreiro) Menina do Mar.
Cascais. 1980.
Formou-se em Marketing e publicidade em 2002, mas sempre teve o seu olhar e coração apontados para as artes.
Autodidacta em fotografia, colaborou com diversos projectos ligados, principalmente, á música e ao mar. 
Foi livreira durante 13 anos.
Renasceu como mãe em 2014.
Em 2017 quis começar tudo de novo e foi, com a sua família, procurar as suas raízes alentejanas.
Arriscou e começou a aprender cerâmica. 
Passou pelas oficinas de cerâmica da terra em Montemor-o-Novo e foi apadrinhada pela APPACDM em Évora. 
Ao longo da sua aprendizagem, descobriu uma nova paixão - a porcelana. 
Em 2019 deu o nome da sua filha ao seu projecto de cerâmica e nasceu a Olívia Ceramics.
A Olívia Ceramics pretende-se sustentável, de autor e não procura a perfeição, mas sim a beleza nos pormenores únicos, puros e leves de cada peça. Aqui tudo é feito à mão, com tempo, estima e dedicação. 
...
Girl of the Sea was born Marina Guerreiro in 1980, in the village of Cascais.
She graduated in marketing and advertising in 2002, but has always had the eye and the heart in the arts.
Self-taught in photography, collaborated with several projects, mainly related to music and the sea.
She was a bookseller for 13 years. In 2014 she was reborn as a mother.
In 2017 she wanted to start all over again.
Took her family and went looking for her Alentejo roots.
Risked when she decided to learn pottery.
In Montemor-o-Novo, she went through a course in Oficinas de Cerâmica e da Terra and her work was sponsored by APPACDM in Évora.
Throughout learning, Marina discovered a new passion: porcelain.
In 2019 she named her pottery project after her daughter name. And so was born Olivia Ceramics.
Olivia Ceramics is intended to be sustainable and authored. It does not seek perfection, but beauty in the unique, pure and light details of each piece. Here everything is handmade, with time, esteem and dedication.